Executivos criam 'fintech verde' milionária

O objetivo da empresa que tem brasileiros no comando é movimentar R$ 3 bilhões no primeiro ano no mercado de ESG

Executivos brasileiros e estrangeiros acabam de criar uma fintech com foco na área de meio ambiente e sustentabilidade. A empresa batizada de Arara.io recebeu um investimento de 11 milhões de reais.

Ela promete ajudar as empresas e suas cadeias de fornecedores na busca por melhores indicadores de governança ambiental, social e corporativa, valores representados pela sigla ESG em inglês, em alta no mercado.

A Arara.io negocia financiamentos e dá consultoria para a adoção de práticas mais sustentáveis, além de colocar seus clientes no mercado de créditos de carbono.

Entre os fundadores do projeto estão os indianos Ram Mahidhara e Sudhi Mukherjee, ex-excutivos da Corporação Financeira Internacional (IFC, na sigla em inglês), entidade de fomento ligada ao Banco Mundial.

O brasileiro Felipe Gutterres, ex-diretor financeiro da Wilson Sons, é um dos co-fundadores da empresa que tem ainda Marcelo Mesquita, sócio da gestora Leblon Equities, no conselho consultivo junto com Vikram Widge, ex-chefe global de finanças e política climática da IFC.

O objetivo da empresa que se vende como uma “fintech verde” é movimentar 3 bilhões de reais no primeiro ano.

 


 

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 31 jan 2022, 21h43 – Publicado em 31 jan 2022, 18h30

Fonte: https://veja.abril.com.br/coluna/radar/executivos-criam-fintech-verde-milionaria

Se você não é assinante e deseja receber nossa newsletter, preencha aqui.